Antigos cinemas (Brodowski - SP)

Num pavilhão coberto de zinco, ao lado da estação de trem, nos primórdios da cidade, eram projetados filmes cinematográficos. Em 1909, o padre Josué Silveira de Matos exibia filmes religiosos e educativos na Casa Paroquial, localizada na atual Praça Cândido Portinari.

Em 1910, Augusto Fernandes Leomil inaugurou o Cinema Ideal. Ele funcionou até 1930 e foi o centro de encontro das famílias de Brodowski. Além de filmes mudos, havia saraus dançantes e diversas festas, como os bailes de carnaval. Em 1919, surgiu, por iniciativa de Estanislau Scozzafave, o Cinema dos Aliados, que durou menos de três anos.



Inaugurou-se em 1922, o Cinema União, montado por Scozzafave, Antonio Ferraz Braga e Francisco Malheiros, que funcionou até 1925, quando pertencia a João Zinato, Manoel Gonçalves e Batista Malteca.

Em 1928, surgiu no prédio da Sociedade Dante Alighieri, o cine Glória, vendido e transferido para a Rua Floriano Peixoto em 1934.

Com a exibição do filme "Os Últimos Dias de Pompéia", em 1937, foi inaugurado o cine Paratodos, que projetou em Brodowski os grandes filmes da época. Em 1952, foi criado o cine Santa Amélia.

Foto e texto do livro "Brodowski - Terra de Portinari", da coleção "Conto, canto e encanto com a minha história..." - Editora Noovha América - 2005


Licença Creative Commons
As fotos e informações deste site estão protegidas e licenciadas pela Creative Commons.

Arquivo do blog

ACESSE O BLOG INICIAL


BIBLIOGRAFIA DO BLOG

PRINCIPAIS FONTES DE PESQUISA

1. Arquivos institucionais e privados

Bibliotecas da Cinemateca Brasileira, FAAP - Fundação Armando Alvares Penteado e Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - Mackenzie.

2. Principais publicações

Acervo digital dos jornais Correio de São Paulo, Correio Paulistano, O Estado de S.Paulo e Folha de S.Paulo.

Acervo digital dos periódicos A Cigarra, Cine-Reporter e Cinearte.

Site Arquivo Histórico de São Paulo - Inventário dos Espaços de Sociabilidade Cinematográfica na Cidade de São Paulo: 1895-1929, de José Inácio de Melo Souza.

Periódico Acrópole (1938 a 1971)

Livro Salões, Circos e Cinemas de São Paulo, de Vicente de Paula Araújo - Ed. Perspectiva - 1981

Livro Salas de Cinema em São Paulo, de Inimá Simões - PW/Secretaria Municipal de Cultura/Secretaria de Estado da Cultura - 1990

FONTES DE IMAGEM

Periódico Acrópole - Fotógrafos: José Moscardi, Leon Liberman, P. C. Scheier e Zanella.

Acervos particulares de Luiz Carlos Pereira da Silva, Caio Quintino e Ivani Cury.

PRINCIPAIS COLABORADORES

Luiz Carlos Pereira da Silva e João Luiz Vieira.

OUTRAS FONTES: INDICADAS NAS POSTAGENS.