Cairo (Ribeirão Preto - SP)

Inauguração : Anos de 1960
Filme inaugural : "El Cid", de Anthony Mann, com Charlton Heston e Sophia Loren.
Proprietários : Empresa Antenor Corsi
Endereço : Rua Carlos Chagas, 259/273 - Jardim Paulista
Ribeirão Preto - SP
Em funcionamento ? : Não.
O espaço foi transformado em teatro. O Teatro Minaz foi inaugurado em 03/09/2009.

"Hoje no local do antigo cine Cairo funciona um teatro, o Minaz, que tem a ópera como seu principal atrativo. O cine Cairo foi inaugurado no início dos anos 60 com a exibição do filme El Cid e fechou por volta de 1972, tendo, após isto, servido como depósito e, em 1992, passou a ser a casa do Minaz, tendo sido realizada uma ampla reforma por volta de 2003, mas foram mantidas as características originais do antigo cinema." - Aurelio Cardoso

Licença Creative Commons
As fotos e informações deste site estão protegidas e licenciadas pela Creative Commons.

Arquivo do blog

ACESSE O BLOG INICIAL


BIBLIOGRAFIA DO BLOG

PRINCIPAIS FONTES DE PESQUISA

1. Arquivos institucionais e privados

Bibliotecas da Cinemateca Brasileira, FAAP - Fundação Armando Alvares Penteado e Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - Mackenzie.

2. Principais publicações

Acervo digital dos jornais Correio de São Paulo, Correio Paulistano, O Estado de S.Paulo e Folha de S.Paulo.

Acervo digital dos periódicos A Cigarra, Cine-Reporter e Cinearte.

Site Arquivo Histórico de São Paulo - Inventário dos Espaços de Sociabilidade Cinematográfica na Cidade de São Paulo: 1895-1929, de José Inácio de Melo Souza.

Periódico Acrópole (1938 a 1971)

Livro Salões, Circos e Cinemas de São Paulo, de Vicente de Paula Araújo - Ed. Perspectiva - 1981

Livro Salas de Cinema em São Paulo, de Inimá Simões - PW/Secretaria Municipal de Cultura/Secretaria de Estado da Cultura - 1990

FONTES DE IMAGEM

Periódico Acrópole - Fotógrafos: José Moscardi, Leon Liberman, P. C. Scheier e Zanella.

Acervos particulares de Luiz Carlos Pereira da Silva, Caio Quintino e Ivani Cury.

PRINCIPAIS COLABORADORES

Luiz Carlos Pereira da Silva e João Luiz Vieira.

OUTRAS FONTES: INDICADAS NAS POSTAGENS.